sábado, 10 de maio de 2014

Aprender, apre(e)nder... explorando o(s) ambiente(s) da escola

Espaços, ambiências.

Lugar nenhum é mero cenário: os lugares acolhem – e são horizontes de possibilidades. Infinitas? Tanto quanto os olhares e vontades que o habitam, ainda que apenas de passagem.

[O tempo é sempre suficiente. Desde que intensamente vivido, tornado vívido.]

A vivência da diversidade de ambientes oferece ao estudante estímulos e possibilidades que não teriam na sala de aula. O espaço externo atua no espaço interno, a subjetividade é ativada e a própria convivência entre os estudantes é transformada. Trocas, conversas, a constante formação e dissolução de grupos, toda uma riqueza que, se aproveitada, resulta em novas, renovadas relações.

Liberdade de ação, no espaço.  Liberdade de criar, no tempo: criAÇÃO.


































.


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Dia Nacional dos Surdos


Hoje, 26 de setembro, é comemorado o Dia Nacional dos Surdos. A data comemora a criação, em 1857, do Instituto Nacional de Educação de Surdos - INES e é oportunidade para lembrar as lutas e conquistas das pessoas surdas no Brasil. 

E aproveitando o Dia Nacional dos Surdos, uma foto que fiz ontem na E. M. Profª Olga Teixeira de Oliveira, polo de referência em educação especial e alunos inclusos de Duque de Caxias/RJ: diante do mural sobre LIBRAS preparado pela professora Conceição [Inglês/classe especial] alunos ouvintes, curiosos, divertem-se e aprendem tentando reproduzir alguns sinais.
  
Sinal de "parabéns"
A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é reconhecida como língua oficial pela Lei Federal Nº 10.436 de 2002 e promover espaços bilíngues para a educação de surdos é fundamental para a integração social desta população.
PARABÉNS!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Notícias animadas

Pessoal, essa vida corrida de professor faz com que nem sempre dê pra manter o blog atualizado... Então, vou aproveitar este post para juntar algumas novidades, e outras nem tanto, sobre a Oficina Animada, projeto que coordeno na E.M. Profª Olga Teixeira de Oliveira, no município de Duque de Caxias / RJ – aí vão elas!

Novas produções da Oficina Animada

video

A Oficina Animada não para: nossas mais recentes produções são O Jacaré que Matou... a Sede! [acima e no YouTube aqui], de Rodrigo Azevedo e Lucas Vinicius [Turma 705]  e Parem de Brigar!!! [abaixo e no YouTube aqui], de Dhiego Rodrigues [Turma 704]. Vamos acessar e conhecer a história de um jacaré que é forçado a sair de seu meio-ambiente natural para beber água em uma... piscina!, contada pela dupla Rodrigo e Lucas, e a de dois brigões que descobrem que a paz é o melhor caminho, mostrada na animação do Dhiego.

video


Premiação pelo CIART

Jacqueline e Ana no CIEP 405
As alunas Ana Carolina Sobreira Lopes (turma 705) e Jacqueline Rafaelly G.G. dos Santos (turma 704) autoras, respectivamente, das animações A menina que ajudou o garoto (no YouTube aqui) e O Cachorro e a TV (no YouTube aqui), produzidos pela Oficina Animada, foram ambas agraciadas com o primeiro lugar na categoria Artes Visuais no Celeiro de Talentos, concurso promovido pelo CIART / SME que envolve todas as escolas do município de Duque de Caxias e concede premiações nas categorias de dança, música e artes visuais.
As alunas premiadas no palco do Teatro 
As alunas já haviam passado pela fase eliminatória (dia 9 de julho, no CIEP 405; foto acima, à direita), quando montamos uma pequena exposição dos bonecos de massinha e disponibilizamos no meu laptop as animações para o público e os jurados. A finalíssima do evento aconteceu no dia 30 de agosto, no Teatro Raul Cortez (foto à esquerda).
O prêmio é mais um incentivo para a continuidade do trabalho da Oficina Animada. Parabéns mais que merecidos para as meninas!


Passeio ao Forte de Copacabana

Eu e a aluna Ana Carolina na entrada do Forte de Copacabana
O passeio, realizado no dia 4 de outubro, foi mais um presente resultante da premiação no Celeiro de Talentos do CIART/SME-Duque de Caxias. O passeio reuniu alunos de várias escolas premiados no evento (nossa escola foi representada apenas por uma das alunas premiadas, Ana Carolina S. Lopes, pois a aluna Jacqueline Rafaelly, infelizmente, não pôde ir) e, apesar de alguns imprevistos relativos aos horários de saída e retorno do transporte, foi muito proveitoso.

Vista parcial da fortaleza com a baía ao fundo
Os alunos puderam apreciar a belíssima paisagem [alguns deles, vendo o mar “ao vivo” pela primeira vez], fazer uma visita guiada pelas dependências do Museu do Exército - também uma aula sobre a história do Brasil - e pela fortaleza subterrânea que abriga os canhões, uma construção do início do século passado cujas paredes chegam a possuir doze metros de espessura. O guia, muito solícito, atendeu com gentileza às curiosidades de todos - que lamentaram, apenas, a proibição de fotografar no interior do museu e, assim, não poder guardar um pouco mais do que foi visto.

Anima Mundi e exposição "Rio"

Casa França Brasil, local das oficinas do Festival Anima Mundi

Oficina Animada no Anima Mundi
Olhos e ouvidos atentos...
... às instruções da monitora
Sequenciando...
Três professores de artes da E.M. Profª Olga T. de Oliveira, Angélica Hartung, Diva Amorim e eu, mais as professoras Ana Paula e Letícia Medeiros (coordenadoras da Sala de Informática) e o sempre presente Rogério (nosso porteiro com alma e talento de jardineiro) acompanhamos cerca de sessenta alunos ao Festival Anima Mundi, no Centro Cultural Banco do Brasil, centro do Rio - e é claro que a Oficina Animada não poderia ficar fora dessa! Representando a Oficina Animada, foram ao passeio e participaram das oficinas oferecidas pelo evento os alunos Matheus Pena, Estevão Leal, Rodrigo Azevedo, Ana Carolina S. Lopes, Ane Caroline B. Morais, Bianca e Beatriz Conceição (todos da turma 705).
... usando a mesa de luz
Chegamos bastante cedo e pudemos inscrever todos os alunos nas Oficinas, que aconteceram na Casa França Brasil. Os alunos da Oficina Animada, que já desenvolvem a animação com massinha na escola, optaram por experimentar a técnica “clássica” do desenho animado (fotos acima e à direita). Os demais se dividiram entre a animação com massinha, auxiliados pelas professoras Angélica e Diva, e o pixillation (animação com o próprio corpo), acompanhados pelas professoras Ana Paula e Letícia.

Exposição "Rio"

Exposição "Rio": story board
Todo o dia foi muito proveitoso, pois ainda foi possível dar uma esticada no Museu Nacional de Belas Artes, ali pertinho do CCBB, onde os alunos puderam ver a exposição Rio, sobre o filme de animação homônimo, e aprender um pouco mais sobre toda a complexidade que envolve o processo de criação e produção de um desenho animado de longa metragem, além de conhecer algumas das galerias do MNBA. Ao final, a sensação de que sempre vale a pena aprender com novas experiências!
.

Abaixo, Um Casal se Encontra, animação da aluna Ana Carolina S. Lopes, com desenhos realizados na Oficina de Desenho Animado do Anima Mundi [para ver no YouTube, clique aqui]: 

video

Todos as animações realizadas pelos alunos nas Oficinas foram disponibilizados no site do Anima Mundi. O caminho é meio longo, mas vale a pena dar uma olhada!

Segue o roteiro, passo a passo: 

1 > acessar a página "Estúdio Aberto" no site do Anima Mundi; 
2 > em "busca", escolher "2011", "Rio de Janeiro" e "massinha" [nos campos correspondentes a "ano", "local" e "técnica"]; 
3 > clicar em "15/07/2011" [data da visita]...
... e pronto! As animações dos nossos alunos são as primeiras de baixo para cima. Os títulos de algumas delas: "Lixo no Lixo", "O Beijo", "O Beijo de Raissa", entre outras.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Oficina Animada




Atenção aos detalhes
Desde o dia 10 de junho iniciei o projeto Oficina Animada na E.M. Prof. Olga Teixeira de Oliveira, em Duque de Caxias. A Oficina é um desdobramento do Projeto Animassinha, proposto pela profa. Ana Paula Pires, uma das coordenadoras da Sala de Informática da escola.

Concentração
Inicialmente, pretendia-se trabalhar apenas com uma turma do 7.o ano de escolaridade, em sala de aula. A idéia cresceu e a direção, que desde o início apoiou o projeto, propôs que também fosse feito um trabalho diferenciado, no contraturno, para que os alunos que se interessassem em aprofundar o exercício das técnicas de animação pudessem ter um espaço maior de experimentação.

Aprendendo com o Pivot
Nos quatro encontros iniciais, trabalhou-se a introdução aos princípios básicos da animação, utilizando o Pivot StickFigure Animator, e o exercício da animação stop-motion com bonecos construídos com massa de modelar. Apesar do pouco tempo de trabalho, duas alunas já produziram suas animações: Ana Carolina Sobreira Lopes [turma 705, "A Menina que Ajudou o Garoto"] e Jacqueline Rafaelly dos Santos [turma 704, "O Cachorro e a TV"].

Alguns dos bonecos criados pelos alunos

Nas postagens a seguir, os dois vídeos, já disponíveis noYouTube: